SMS – Meio Ambiente e a Regulação

Meio Ambiente e a Regulação

O primeiro marco regulatório sobe o setor de tratamento de resíduos se deu com a resolução 9, do CONAMA, em 1993, que determinou a obrigatoriedade de reciclagem de óleos lubrificantes e o tratamento de emulsões aquosas de óleo solúvel.

A lei 9605,de 1998, por sua vez, veio a reforçar a resolução do CONAMA, disciplinando os crimes ambientais e determinando punições para os infratores. Finalmente as portarias 125, 126, 127 e 128, da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível) completaram a regulação estabelecendo o modus operandi dos mencionados resíduos.

A atual legislação dispõe apenas sobre os óleos dos postos, mas não regula o descarte dos materiais que os acompanham, tais como filtros usados, embalagens usadas, resíduos das caixas separadoras (água e terra contaminados com derivados de petróleo), entre tantos acessórios. Esse material acaba sendo descartado nas encostas, a céu aberto ou nas redes das empresas de saneamento, entupindo as redes coletoras. O tamanho do prejuízo pode ser pensado a partir da existência de mais de 37 mil postos de gasolina no país.

Exemplo de oportunidade de negócios:

Supply Service (Tapiraí, SP), iniciada em 1992, tem ISO 9001 e 14001, presta serviços de coleta seletiva, descarte, lavagem por hidrojateamento, reciclagem e rerrefino de lubrificantes usados, tendohoje mais de 2500 contratos, especialmente no eixo Rio-São Paulo.

COMPERJ

SMS – Gabarito do Execício de Fixação 2009-1

1ª Questão: Identifique as afirmações como Falsa (F) ou Verdadeira(V):

  1. A contextualização das eras industrial e pós-industrial, do conhecimento, informacional, caracteriza esta última como uma sociedade onde as indústrias, *meras sobreviventes, são substituídas pelos serviços, posto que a criatividade e a intuição (e o empowerment), que os definem, provocam rupturas continuadas no modo produtivo. ( F ) Vide Aula1, slide 15:
    *MAIORIA NO SETOR TERCIÁRIO, CONVIVENDO COM SOBREVIVÊNCIAS RURAIS E INOVAÇÕES PÓS-INDUSTRIAIS
  2. Em empresas de pequeno porte, provavelmente não existe um sistema formalizado, apenas uma forma de fazer as coisas, que está na cabeça das pessoas, o que impede a implantação e implementação de sistemas de gestão, que se referem a tudo que a organização faz para gerenciar seus processos ou atividades. ( F ) Vide Aula 1, slide 21.
  3. Assegurar que as tarefas repetitivas e rotineiras sejam previsíveis e executadas conforme previsto, estabelecer padrões documentados componentes de um sistema de gestão e gerar meios gerenciais eficientes, são as únicas vantagens trazidas pela sistematização. ( F ) Vide Aula1, slide 23. E ESTABELECER MECANISMOS DE AVALIAÇÃO E APRIMORAMENTO…
  4. A sistematização estabelecida deve refletir a realidade organizacional e ser cumprida por todos os envolvidos da organização, o q*ue exige ser implantada e norteada pelas diretrizes e propiciar uma organização *rígida. Deve também ter um responsável que precisará **necessariamente ter voz de comando impositiva, sob pena de não atingir seus objetivos de gestão. ( F ) Vide Aula 1, slide 24. *FLEXÍVEL; **TER UM DONO SIGNIFICA APENAS TER UM RESPONSÁVEL, ALÉM DO MODO AUTORITÁRIO NÃO SER O MELHOR.
  5. A dificuldade principal na compatibilização dos sistemas das ISO 9000 e 14000, apesar de compartilharem princípios comuns de gestão, decorre da aplicação dos vários elementos do SGI que variam em função dos diferentes propósitos e das diversas partes interessadas, o que pode comprometer o atendimento aos requisitos. ( Vou F ) Aula 1, slide 35. A APLICAÇÃO DOS VÁRIOS ELEMENTOS DO SGI VARIA EM FUNÇÃO DOS DIFERENTES PROPÓSITOS E DAS DIVERSAS PARTES INTERESSADAS E O ATENDIMENTO AOS REQUISITOS, É POSSÍVEL ADAPTANDO-SE ELEMENTOS DO SISTEMA DE GESTÃO EXISTENTE.
  6. As seguintes considerações sobre os pontos comuns a um sistema de gestão integrada são verdadeiras: Aula1, slide 27
    Por ser um sistema com maior abrangência, requer mais atualizações e mudanças ( V )
    Por ter custo de tratamento e/ou remoção de não-conformidades elevado continuado, não deveria ser priorizado. ( F*)
    A ocorrência de acidente ou falha operacional mais grave pode afetar a credibilidade do sistema implantado ( V )
    Como o processo principal de uma organização é o mesmo é fundamental a ênfase na melhoria contínua ( V )

*APESAR DO CUSTO INICIAL…, ELE DIMINUI COM O TEMPO.

  1. Entre as vantagens de um Sistema de Gestão Integrada, comparado com a implantação fragmentada de cada sistema, estão: Vide Aula1, slide 28.
    O planejamento é facilitado pela existência dos mesmos gestores para todo o SGI ( V*)
    maior circulação de documentos e registros e redução dos custos de manutenção ( F )
    Facilita a maior conscientização dos colaboradores nos seus conceitos ( V )
    Prejudica um pouco a comunicação interna, mas gera menos conflitos ( F )
    Gera mais casos de emergência, compensados pela facilitação do estabelecimento de planos de contingência ( F )
    *MESMOS GESTORES PARA O SGI, PROPICIA UM PLANEJAMENTO ÚNICO E COMUM; MENOR CIRCULAÇÃO, MENOR REDUÇÃO…; MAIOR CONSCIENTIZAÇÃO PORQUE SÃO MENOS CONCEITOS, DIMINUI REDUNDÂNCIA…; MAIOR FACILIDADE DE COMUNICAÇÃO…; GERA MENOS CASOS … POIS FACILITA MELHORIA NO DESEMPENHO DOS COLABORADORES E DA EMPRESA.
  2. Na gestão das partes interessadas, como item fundamental para a sustentabilidade da organização, é preciso considerar a importância da sua satisfação, que decorre do atendimento exclusivo aos requisitos que explicitarem e às pressões e exigências evidenciadas. ( F ) Vide Aula 2, slide 33. …CONFORME REQUISITOS DECLARADOS E NÃO DECLARADOS; E MAIS OS ITENS: MINIMIZAÇÃO NA GERAÇÃO DE PRODUTOS NÃO INTENCIONAIS; APESAR DE ATUAREM COMO FATORES INDEPENDENTES, NÃO DEVEM SER ADMINISTRADOS ISOLADAMENTE; ATENÇÃO AOS CONCORRENTES , COM PRODUTORES DE SIMILARES E PRODUTOS ALTERNATIVOS OU SUBSTITUTIVOS.
  3. A sustentabilidade da gestão dos negócios passa pelo atendimento aos seguintes itens: identificar os requisitos essenciais a serem atendidos, estabelecer as diretrizes da organização, prover os recursos necessários, planejar de forma preventiva as ações rotineiras e não rotineiras, implementar normas e padrões, impedir a ocorrência dos modos potenciais de falhas, monitorar, medir, analisar criticamente os resultados obtidos, agir corretivamente e preventivamente, e, finalmente, retroalimentar o processo de gestão. ( V ) Vide Aula 3, slide 23. PORQUE EXIGE MUDANÇAS PROFUNDAS NA FORMA DE PENSAR, AGIR, PRODUZIR E CONSUMIR; VONTADE POLÍTICA PARA IMPLEMENTAR AS MUDANÇAS; PARTICIPAÇÃO DEMOCRÁTICA DE TODOS NAS DECISÕES NECESSÁRIAS; DE FORMA QUE AQUIRA CAPACIDADE DE ADAPTAÇÃO AO AMBIENTE E AOS CENÁRIOS DO NEGÓCIO
  4. As diretrizes superiores, bem como as específicas, da organização devem ser apropriadas ao negócio, passíveis de serem atingidas, elaboradas com linguagem fácil, avaliadas periodicamente e evidenciadas com ênfase na melhoria contínua, passando então pela definição de missão, visão e estratégia de negócios. ( Vou F ) Vide Aula 4, slides 3 e 4.
    SÃO DIRETRIZES SUPERIORES: PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES, MISSÃO, VISÃO E ESTRATÉGIAS DE NEGÓCIO.
    SÃO DIRETRIZES ESPECÍFICAS DE UM SISTEMA DE GESTÃO: POLÍTICAS DE GESTÃO, OBJETIVOS, METAS E PLANOS DE AÇÃO
    .

SMS – Exercício de Fixação 2009-1

1ª Questão: Identifique as afirmações como Falsa (F) ou Verdadeira(V):

  1. A contextualização das eras industrial e pós-industrial, do conhecimento, informacional, caracteriza esta última como uma sociedade onde as indústrias, meras sobreviventes, são substituídas pelos serviços, posto que a criatividade e a intuição, que os definem, provocam rupturas continuadas no modo produtivo. ( )
  2. Em empresas de pequeno porte, provavelmente não existe um sistema formalizado, apenas uma forma de fazer as coisas, que está na cabeça das pessoas, o que impede a implantação e implementação de sistemas de gestão, que se referem a tudo que a organização faz para gerenciar seus processos ou atividades. ( )
  3. Assegurar que as tarefas repetitivas e rotineiras sejam previsíveis e executadas conforme previsto, estabelecer padrões documentados componentes de um sistema de gestão e gerar meios gerenciais eficientes, são as únicas vantagens trazidas pela sistematização. ( )
  4. A sistematização estabelecida deve refletir a realidade organizacional e ser cumprida por todos os envolvidos da organização, o que exige ser implantada e norteada pelas diretrizes e propiciar uma organização rígida. Deve também ter um responsável que precisará necessariamente ter voz de comando impositiva, sob pena de não atingir seus objetivos de gestão. ( )
  5. A dificuldade principal na compatibilização dos sistemas das ISO 9000 e 14000, apesar de compartilharem princípios comuns de gestão, decorre da aplicação dos vários elementos do SGI que variam em função dos diferentes propósitos e das diversas partes interessadas, o que pode comprometer o atendimento aos requisitos. ( )
  6. As seguintes considerações sobre os pontos comuns a um sistema de gestão integrada são verdadeiras:
    – Por se um sistema com maior abrangência, requer mais atualizações e mudanças ( )
    – Por ter custo de tratamento e/ou remoção de não-conformidades elevado continuado, não deveria ser priorizado. ( )
    – A ocorrência de acidente ou falha operacional mais grave pode afetar a credibilidade do sistema implantado. ( )
    – Como processo principal de uma organização é o mesmo é fundamental a ênfase na melhoria contínua. ( )
  7. Entre as vantagens de um Sistema de Gestão Integrada, comparado com a implantação fragmentada de cada sistema, estão:
    – O planejamento é facilitado pela existência dos mesmos gestores para todo o SGI. ( )
    – Há maior circulação de documentos e registros e redução dos custos de manutenção. ( )
    – Facilita a maior conscientização dos colaboradores nos seus conceitos. ( )
    – Prejudica um pouco a comunicação interna, mas gera menos conflitos. ( )
    – Gera mais casos de emergência, compensados pela facilitação do estabelecimento de planos de contingência. ( )
  8. Na gestão das partes interessadas, como item fundamental para a sustentabilidade da organização, é preciso considerar a importância da sua satisfação, que decorre do atendimento exclusivo aos requisitos que explicitarem e às pressões e exigências evidenciadas. ( )
  9. A sustentabilidade da gestão dos negócios passa pelo atendimento aos seguintes itens: identificar os requisitos essenciais a serem atendidos, estabelecer as diretrizes da organização, prover os recursos necessários, planejar de forma preventiva as ações rotineiras e não rotineiras, implementar normas e padrões, impedir a ocorrência dos modos potenciais de falhas, monitorar, medir, analisar criticamente os resultados obtidos, agir corretivamente e preventivamente, e, finalmente, retroalimentar o processo de gestão. ( )
  10. As diretrizes superiores, bem como as específicas, da organização, devem ser apropriadas ao negócio, passíveis de serem atingidas, elaboradas com linguagem fácil, avaliadas periodicamente e evidenciadas com ênfase na melhoria contínua, passando então pela definição de missão, visão e estratégia de negócios. ( )

2ª Questão: Escolha 5 das perguntas acima, identifique-as pelos números e justifique cada escolha de )F) ou (V).

SMS – Gestão de Processos

SMS – Gestão de Processos

JavaScript or Flash plugin need to be activated in your browser.

Clique aqui para baixar o arquivo fonte desse Mapa Mental

Download Freemind

Download Freemind

SMS – Gestão de Processos

Continue reading

SMS – Organização da Empresa

SMS – Organização da Empresa

JavaScript or Flash plugin need to be activated in your browser.

Clique aqui para baixar o arquivo fonte desse Mapa Mental

Download Freemind

Download Freemind

SMS – Organização da Empresa

Continue reading

SMS – Gestão da Qualidade

SMS – Gestão da Qualidade

JavaScript or Flash plugin need to be activated in your browser.

Clique aqui para baixar o arquivo fonte desse Mapa Mental

Download Freemind

Download Freemind

SMS – Gestão da Qualidade

Continue reading

SMS – Gestão Ambiental

SMS – Gestão Ambiental

JavaScript or Flash plugin need to be activated in your browser.

Clique aqui para baixar o arquivo fonte desse Mapa Mental

Download Freemind

Download Freemind

SMS – Gestão Ambiental

Continue reading

SMS – Sustentabilidade

SMS – Sustentabilidade

JavaScript or Flash plugin need to be activated in your browser.

Clique aqui para baixar o arquivo fonte desse Mapa Mental

Download Freemind

Download Freemind

SMS – Sustentabilidade

Continue reading

SMS – Sustentabilidade nas Organizações

SMS – Sustentabilidade nas Organizações

JavaScript or Flash plugin need to be activated in your browser.

Clique aqui para baixar o arquivo fonte desse Mapa Mental

Download Freemind

Download Freemind

SMS – Sustentabilidade nas Organizações

Continue reading

SMS – Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

SMS – Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

JavaScript or Flash plugin need to be activated in your browser.

Clique aqui para baixar o arquivo fonte desse Mapa Mental

Download Freemind

Download Freemind

SMS – Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

Continue reading